Mês: Fevereiro 2011

#18 Estuda as alterações demográficas

São um clássico. As alterações demográficas criam oportunidades ao gerarem necessidades e desejos normalmente não satisfeitos.
Porém, pensa as alterações demográficas para lá da idade e do envelhecimento. 
Alarga o teu estudo da demografia às várias dimensões que a podem caracterizar. Pensa na formação (ou falta dela)? Pensa em distribuição de género? Pensa em ocupações predominantes ou alterações nestas? Pensa em níveis de rendimento? Pensa em cultura e lazer? Pensa em novos modelos familiares? (E não te esqueças das diferenças destas variáveis ao longo do território.)
Que grupos identificas nestes domínios a que possas ajudar com a tua solução?

#17 Mercado=Pessoas

Os mercados são pessoas. É óbvio mas por vezes esquecemo-nos. 

Deixa a visão abstracta do mercado e pensa nele como grupos de pessoas com um conjunto de características específicas. 

Qual é o teu mercado?
Quem são as pessoas que fazem parte do teu mercado? 
Quais as suas características? 
Onde estão e como chegar a elas (para as conhecer melhor ou para comunicar com elas)?

#16 Desafia o estabelecido



Questionar o status quo pode revelar oportunidades ocultas. O estabelecido pode restringir a identificação de segmentos ou mercados com necessidades e desejos não satisfeitos. 

Responde à pergunta ” toda a gente sabe que?” aplicado ao sector/produto/serviço que estás a considerar.




Exemplo: 
Toda a gente sabe que o leite se vende ao litro. 
Toda a gente sabe quais os serviços oferecidos por um banco. Toda a gente sabe como uma escola é. 
Toda a gente sabe como se faz determinado processo ou quanto tempo demora.


Que alterações ao estabelecido, se introduzidas, podiam beneficiar novas pessoas ou abrir novos mercados?

#15 Gaveta do futuro

Quantos projectos novos tens na gaveta? Em quantos tens trabalhado?
Que novas ideias te apaixonam e te fazem sonhar na maneira de as pores em prática?
O segredo do sucesso não está no passado mas na capacidade de inventar e desenvolver coisas novas com frequência.
Começa hoje um projecto novo e dedica-lhe tempo na tua agenda.

#14 Procura a alma gémea

Considera um produto/serviço e procura a sua “alma gémea”, isto é, outro produto/serviço que lhe está associado ou de alguma forma ligado (à utilização, ao contexto, ao momento, à necessidade..) mas que normalmente estão separados. 
E se desenvolvesses um novo produto/serviço que juntasse características usualmente separadas?
E se desenvolvesses um negócio baseado nessa junção?

#13 Vende soluções

Estás a vender um produto ou uma solução?

Os problemas são pontos de dor no dia-a-dia do mercado. Oferece-lhe a cura, a tua solução.

Revê a tua estratégica de comunicação e verifica se a tua mensagem explica claramente a solução para o problema do cliente. Tenta por-te no seu lugar.

Esquece o jargão demasiado técnico (se não for necessário) ou clichés batidos dos manuais ou da tradição.

Surpreende o teu mercado com um discurso pensado para ele, de preferência personalizado. Vai fazer toda a diferença.

#12 Duas horas em 5 minutos

Um amigo contava-me estes dias que tinha chamado à atenção um colaborador porque uma falha deste na verificação de uma peça levara, posteriormente, a uma enormidade de trabalhos extra.

Como era uma falha recorrente equivalia a muitas horas de trabalhos adicionais e de custos acrescidos, que apenas mais 5 minutos de atenção podiam ter evitado.

Quais são os seus 5 minutos que lhe podem poupar duas horas (ou mais) no futuro? Aquela atenção extra, a pequena tarefa, revisão ou correcção que evitará problemas e trabalhos a seguir.

Esteja atento a estes 5 minutos e aproveite-os. Vai ganhar muito com isso.

#11 Combate o desperdício

Em tempo de crise procuramos ao máximo não desperdiçar. Embora esta prática devesse ser sempre posta em prática.

Os recursos sub-aproveitados podem ser uma fonte de oportunidades.

Para um grupo específico ou mais alargado e mesmo que eles não se apercebam (ainda):
Que solução podes oferecer para combater o desperdício ou o sub-aproveitamento de recursos?
De tempo? De espaço? De contactos? De informação? De mercado? De matérias-primas? De equipamentos?

#10 Busca incoerência

Consegues identificar situações, produtos ou serviços que sejam incoerentes?
Que não façam sentido na forma como estão feitos ou implementados?

As incongruências podem ser uma fonte de oportunidade. Está atento às incongruências e procura soluções para elas.

Quantas pessoas podiam beneficiar da tua solução?