Mês: Abril 2011

#57 Respeita

Respeita todos os que trabalham contigo, independentemente das funções que desempenham e da posição na hierarquia. 

Há uma tendência para querer aparecer na fotografia junto aos grandes chefes mas muitas vezes são as pessoas menos “importantes” que te podem abrir uma porta, resolver um problema ou conseguir um contacto.
Sê humilde, trata todos com respeito,cumprimenta educadamente. Vais fazer diferença.

#56 Pontualidade

Tempo é dinheiro (para todos), por isso chega a horas. Esta postura mostra respeito e organização. 

Faz os possíveis por valorizar a pontualidade dos outros (e, se tiveres esse poder, educa-os para serem pontuais).
Já agora leva algo para aproveitar os minutos iniciais, quando infelizmente não tiverem respeito por ti. Ganhas duas vezes.

#55 Qual a tua missão?

Uma questão tão simples mas com implicações tão profundas que temos medo de lhe tocar.
Porquê que existes hoje? Qual o propósito da tua organização no momento actual?
Coragem. Enfrenta-a com sinceridade.
Para lá das definições floreadas e complicadas dos relatórios e manuais de gestão procura uma resposta clara e verdadeira. Talvez te surpreendas. Revê a tua actuação à luz da mesma e comunica-a à tua equipa….

#54 Simplifica

Há quanto tempo não revês os processos da tua organização?
Porque fazes como fazes? Sabes?
Dedica um período da tua agenda (sim, marca na agenda, dá-lhe a importância que merece) para analisar os teus processos. 
Questiona: preciso mesmo de fazer isto? Se não fizesse que mal aconteceria? Estou a acrescentar valor? Pensa nos custos e resultados associados. Vale a pena?
Resiste à tentação do status quo. Elimina. Transforma. Melhora.

#53 Jogo de equipa

Estás só ou jogas em equipa?
Raramente o jogo do mercado é apenas para uma pessoa.
Há que formar uma equipa. Podes contar com elementos internos ou com parcerias externas mas é imperativo um grupo coeso e coordenado.
Tens investido na escolha de bons jogadores? Melhores que tu? Sabem o que se pretende? Quais são os objectivos? Têm treinado em conjunto? Há avaliação e informação sobre o desempenho?

#52 Escolhe bem a letra

Serão poucos os suportes de comunicação da tua empresa que não recorram a palavras. Em consequência é necessário escolher um tipo de letra e o seu tamanho.

Pode parecer de menor importância mas, na realidade faz toda a diferença.
Os teus documentos são legíveis? Quando é caso disso, lêem-se à distância? Há texto a mais? A letra é demasiado pequena? 
Investe uns minutos nesta questão podes ganhar muito depois….

P.S. – Sê exigente com os designers e testa com pessoas externas ao processo (não estão viciados)!

#51 Cultiva as relações

Não esperes apenas pelo momento da venda, que os clientes te procurem ou por momentos de crise para estabelecer relações positivas com o teu mercado.
Toma a iniciativa. Contacta. Oferece algo: um conselho, uma sugestão, uma oferta ou uma amostra.
Num momento em que os produtos são fáceis de copiar, investe nas relações. 
São difíceis de imitar e permitem-te fazer a diferença.

#50 Alarga horizontes

Pensa fora do teu horizonte.

Não te detenhas na tua terra.
Será que o perfil a quem estás a dirigir a tua ideia não existe noutros locais, noutros países?
Onde estão? Como chegar até eles? São necessários ajustamentos ao que ofereces?

#49 Re-inventa

Já tudo foi inventado (ou quase). Mas tudo pode ser re-inventado.
Pensa no sector que te interessa e estuda formas de o re-inventar. As formas, os conteúdos, as abordagens ou as formas de relacionamento…
Podes estar a abrir um novo mercado (ou a revitalizar um que está adormecido).

#48 Cumpre as promessas

A conversa é de graça. Cumprir o que se promete é que marca a diferença.
Verifica até que ponto as tuas promessas são cumpridas.
Às vezes é melhor prometer menos mas superar as expectativas.